24/06/16

Blá Blá Blá com Julia Carvalho:


Olaaa,
Blá Blá Blá atrasado, mas se não fosse, não seria eu né? Mas eu prometo que esse atrasado vai valer a pena, porque esse mês vai ter outra entrevista e dessa vez é internacional ( a gente é chique) então, aguardem! Enquanto isso eu entrevistei a Julia Carvalho, uma youtuber MARAVILHOSA...


Pingue Pong  
1- Um app do seu celular?  Spotify! Amo música, então sou suspeita pra falar.
2- Um livro que você ame. O Extraordinário. É o livro mais lindo que eu já li!
3- Uma cidade que sonhe em visitar ou morar. Nova Iorque, deve ser incrível! Mas só pra visitar mesmo, eu amo morar em Floripa.
4- Uma meta para esse ano ainda. ser mais saudável e começar a praticar exercícios
5- Uma frase que te inspira. "Não existe nenhum você melhor do que você mesmo"


Mais Um Pouco 
6- Eu sou apaixonada pelo seu estilo e acredito que muitas meninas também devem ser, me conta, você se inspira em algum? Quais são suas influências? 
Fico feliz em saber que gosta do meu estilo! Muito obrigada mesmo. Na verdade eu não me inspiro em estilo algum, visto o que eu acho que fica bom em mim. Também não sou muito influenciável por modinha, sabe? Claro que se eu gostar de alguma peça que está bombando eu uso, mas não vou usar alguma coisa que eu não acho bacana só porque todo mundo usa/gosta.

7- Você esta crescendo no Youtube e estou muito feliz por você! Mas junto com esse crescimento vem as críticas! Elas são muito chatas e as vezes até magoam, como você lida com elas? 
Olha, estaria mentindo se dissesse que eu não ligo. É bem difícil, por exemplo, ler uma crítica em um vídeo que eu me dediquei bastante pra fazer. O pior de tudo é quando a crítica não é construtiva, só falam aquilo pra te deixar mal mesmo. Na maioria das vezes eu leio mas não respondo não, pra mim essas pessoas só querem atenção e criar confusão.

8- Ju você conhece os movimentos Girl Power? São movimentos em que nos mulheres mostramos que temos poder e que não somos tão frágeis assim... Você tem algum posicionamento sobre isso?
Eu sou a favor dos direitos iguais sim, afinal, não tem nada a ver falar que nós mulheres somos inferiores só por sermos mulheres! Infelizmente não sou engajada nesses movimentos. Quero (e vou) ler e estudar mais sobre!

 9- Eu sou apaixonada nos seus videos, todos! Mas queria saber de você, tem algum tipo de video que você gosta de gravar e assistir? Porque?
Eu amo vídeos de rotina! Amo assistir porque gravar infelizmente dá um pouco mais de trabalho, mas mesmo assim, na minha opinião, depois de ver ele pronto e todo bonitinho vale a pena.

10- Para finalizar eu queria saber, o que você espera para esse ano no seu canal? E na sua vida? 
No canal espero conseguir muitos seguidores fiéis, sabe? Companheiros mesmo. É muito bom ver que sempre tem gente conversando com você nas redes sociais e pra mim isso é mil vezes mais legal do que ter milhões de inscritos e eles não serem engajados. E na vida pessoal espero passar direto na escola e trocar de celular hahaha


Gente, foi uma amor falar com a Ju e se você ainda não conhece ela acompanhe os videos dela, porque é um amor... E esperem 

22/06/16

Pretty Little Liars Voltou!!!!


Olaaa,
Yaaaaaaayyyy Liars, olha elas de volta! Ontem (21) lançou a nova temporada de Pretty Little Liars. Mas como toda felicidade dura pouco, essa sétima temporada também será a ultima da serie PLL o que nos deixa bem mal...
Eu vou assumir, não aguento mais a serie. Eu assistia pela Netflix até a 4 temporada, mas depois dai eu enjoei total da serie e hoje eu só acompanho pelo twitter. Mas como não é uma estreia qualquer eu resolvi fazer uma cobertura para vocês... Então, vamos saber o que rolou no primeiro episódio da sétima e ultima temporada de PLL?
É vida ou morte para uma das PLLs na premiere da sétima temporada. Depois do chocante sequestro de Hanna pelo ‘Uber A’, as meninas e companhia correm contra o tempo pra salva-la. A única maneira de fazer isso é entregando evidências sobre o real assassino de Charlotte para ‘Uber A’. Para fazer isso as meninas precisam decidir que linhas que nunca cruzaram anteriormente elas estão dispostas a cruzar, e após cruzarem estas linhas, não há como voltar.
O Episódio começou exatamente onde o 6x20 acabou, com a senhora Hanna desaparecida e todo mundo desesperado! Depois de um papo com um tanto de pessoas e uma mensagem no celular, eles acham Hanna pendurada na igreja, ela tava viva, mas desacordada. Até que quando eles colocam o corpo no chão veem que a "Hanna" é uma boneca com uma mascara (amem igreja) que tem um recado para eles (até ai já vemos como uma serie nos faz ser trouxas). Alisson continua no hospital e todo mundo está acreditando na situação dela. Geral está procurando o real motivo da morte da Charlotte. ATÉ QUE! Hanna aparece, ela está em um quarto e estão jogando jatos de água nela (basicamente tão torturando ela). Hanna tem sonhos com as meninas o que me deixou bem mal... Emilly entra na casa da Alisson para descobrir algo sobre a Charlotte. Hanna quer sair dali e ela consegue e fica correndo pela mata. E para resgatar a Hanna a galera diz que Alisson matou Charlotte e isso não fica barato...

Basicamente o episódio teve Hanna em todos os momentos, porque a diva suprema está desaparecida. Eu tentei ao máximo não falar muito sobre os mistérios que rolaram no episódio porque eles que são os mais legais...
Caso você não tenha assistido ontem ao vivo, relaxa que ele ainda hoje será legendado nos sites de series, não perca.
Eai Liars, o que vocês acharam?

20/06/16

Resenha Sobre Mocinhos e Bandidos


Olaaa,
Com muita dor no coração que digo que esse é o penúltimo livro que será resenhado em parceria com autores aqui no blog... Os livro já acabaram e eu estou bem triste por isso. Mas vamos terminar com chave de ouro né? Bora conhecer um pouco sobre a historia maravilhosa de Sobre Mocinhos e Bandidos...

Obra: Sobre mocinhos e Bandidos
Autor: Fabio Diaz Mendes
Editora: Penalux
Páginas: 173
Sinopse: São vinte e dois contos com uma unidade narrativa, ou seja, temática única que pontua as diversas situações dos personagens comuns do cotidiano. O que embasa a obra é o bem e o mal, e como é tênue a linha que os separa. Estar em cada um destes gêneros de comportamento, nem sempre se dá por pura e simples questão volitiva, pois os personagens mostram que a sorte, muitas vezes, é determinante. Noutras tantas é apenas uma singular questão de incapacidade em decidir e seguir qualquer um dos caminhos, como se uma força maior empurrasse para qualquer deles, sem nenhuma chance de oposição do protagonista.


Comecei esse livro com muito receio, não sei porque, mas ele me dava um pouco de medo hahaha. 
22 contos. Esse é o nosso livro. Encontramos muitas situações (porque são 22 contos né) e cada um deles nos mostra o lado bom ou o lado mal. Em quem devemos acreditar, quem está sendo real, de que devemos fugir, o livro aborda muito sobre isso. O livro tenta nos mostrar o lado bom e lado ruim de tudo, mas as vezes não temos saída e não sabemos o que devemos escolher e também temos um pouco disse na historia. 

Temos casos sérios, um assalto, um assassinato e outros como uma mentira, uma enganação e afins. Todos eles nos deparamos com dois caminhos e a difícil escolha. De forma muitas vezes cômica o autor nos ajuda a entender algumas coisas que rolam no nosso dia a dia e que esses "mocinhos" e esses "bandidos" estão sempre entre nós e como o mundo deles é.

“Ás vezes, por causa de uma besteira, uma coisa irrisória, cometemos erros com consequências muito mais graves”

Quando a gente ver 22 contos já imaginamos o quão chato o livro deve ser, mas pelo contrario. A leitura é bem rápida e muito divertida. 

O Autor tem uma escrita ótima e uma narração melhor ainda fazendo com que eu termine o livro muito rápido e refletindo bastante sobre as lições que ele trouxe. Está mais que indicado né?