23/05/16

Resenha Na Mala do Imigrante


Olaaa,
Eu amo viajar, amo as despedidas, por mais tristes que sejam, amo a chegada, amo arrumar as malas (por mais tedioso que seja desarruma-las) amo entrar no avião e ver o que vai dar... Quando li esse livro esse meu amor foi multiplicado e eu me senti viajando junto com os diversos personagens do livro. Venha saber o que eu achei de Na Mala do Imigrante.

Obra: Na Mala do Imigrante
Autora: Lígia Pereira Boldori 
Editora: Chiado Editora
Páginas: 156
Sinopse: Um livro sincero e emotivo, cômico e trágico; que de uma forma sem rodeios ou intimidações retrata a realidade das mais diferentes situações vividas por um imigrante. Composta por capítulos desenvolvidos em pequenas narrativas / episódios; finalizando-se individualmente. A leitura torna-se assim dinâmica e simplificada, proporcionando ao leitor mais praticidade e vibração!
A riqueza descritiva; pormenorizada, o fará sentir- se parte integrante da história. Emoções estarão à flor da pele do leitor; onde as lágrimas, a raiva, o amor, o sentimento de injustiça, compaixão e muitos outros sentimentos, irão tomar conta de si, em cada leitura de cada capítulo/história. A cronologia da obra desenvolve-se baseada na história de um imigrante, “…de todos se fazem um e de um fazemos todos ” Cada acontecimento relata uma parte do processo de imigração: adaptação, adoção, vivência e convivência, que “um e todos” são passíveis de experienciar. Relato dos possíveis “estágios” vividos; desde a arrumação das malas para a partida - dentre muitas outras aventuras durante sua imigração-, até o dia do seu retorno: a volta para casa. Mas afinal, será que ele, ela, voltará? E onde já considera-se casa? Para saber, basta abrir a mala do emigrante. As diversidades culturais retratadas ao decorrer das histórias proporcionarão ao leitor a oportunidade do conhecimento de palavras específicas, estrangeirismos, calões, gírias e expressões locais e outras ainda em outros idiomas; - ora já conhecidas, ora inusitadas –, das quais, de uma forma didática, estarão numeradas ao longo do texto e explicadas no rodapé, relativo á página da citação, em formato “vocabulário”. São 202 explicações que lhe somarão conhecimentos! Basta agora se inteirar e descobrir, o que vai na mala de um emigrante!Prepare sua mala e boa leitura!

Estasiada, essa seria a palavra para me descrever agora, que acabei Na Mala do Imigrante. 
Para começar o livro é divido em varias historias diferentes, uma nova em cada capitulo e todas tem algo em relação a viagens, imigração, emigração que nos mostram algo muito real... Temos pessoas que saíram do seu pais para tentar algo melhor, pessoas que querem uma vida mais fácil, pessoas que desperdiçaram oportunidades, uma infinidade de pessoas de diversas situações. 

Lígia conseguiu nos mostrar exatamente como é sair de casa, entrar em outro país, adaptações em um país totalmente diferente, varias coisas que são tão reais que parecem acontecer conosco.
De uma forma engraçada ou desastrosa aprendemos varias coisas, que o mundo é feito mesmo de escolhas e temos o dever de escolher certo. Pensar se isso que estamos fazendo é realmente bom, se será melhor, se você mudará... Me peguei varias vezes refletindo sobre o que o livro dizia e adorei isso. 

" A vida é uma viagem.Na mala, vêm o conteúdo da vida.A escolha do que nela levas, será sempre sua!"
É um livro leve, aqueles que você lê bem rápido, é bem escrito e tem muita emoção nele, a gente percebe muito bem que a autora viveu muitas daquelas situações na sua vida... No final do livro ainda temos a surpresa de varias historias do passado da autora que nos deixa mais íntimos dela hahaha.

Um livro incrível, que eu leria muitas outras vezes... Me senti um Imigrante e quis juntar minhas malas e ir com eles em vários momentos... Indico você a fazer o mesmo!

20/05/16

Batman vs Superman- Eu Assisti:


Olaaa,
A Diferentona Atrasada aqui assistiu Guerra Civil no dia do lançamento, mas assistiu Batman vs Superman um dia antes de tirarem do cartaz, que lindo! Mesmo assim, eu assisti e vim contar hoje para vocês as minhas impressões sobre mais uma batalha épica do cinema!

Nome: Batman Vs Superman- A Origem da Justiça
Ano: 2016
Distribuidor: Warner Broos
Sinopse: O confronto entre Superman (Henry Cavill) e Zod (Michael Shannon) em Metrópolis fez com que a população mundial se dividisse acerca da existência de extra-terrestres na Terra. Enquanto muitos consideram o Superman como um novo deus, há aqueles que consideram extremamente perigoso que haja um ser tão poderoso sem qualquer tipo de controle. Bruce Wayne (Ben Affleck) é um dos que acreditam nesta segunda hipótese. Sob o manto de um Batman violento e obcecado, ele investiga o laboratório de Lex Luthor (Jesse Eisenberg), que descobriu uma pedra verde que consegue eliminar e enfraquecer os filhos de Krypton.

Eu queria muito ver esse filme, mais pelo grande "bafafa" que deu em cima dele. Mas que bom que eu quis tanto ir ver, porque eu amei ele.

Sempre fiquei bem desconfiada com esses filmes que falam que dois amigos vão brigar porque todos sabemos que se um deles tivesse um final horrível ia da muita treta com os fãs. Mas se fosse para escolher um time eu seria SuperMan, ele tem super poderes, ele quer salvar as pessoas independente de tudo e ele voa! Para mim o Batman é um riquinho que malhou muito, sabe usar a cabeça e consegue matar o povo assim mas, eu sei que tem mais coisa da historia dele.

O filme é mais ou menos a vida dos dois, até em que eles acabam tendo opiniões diferente sobre algumas coisas e isso faz a treta se formar. Depois de muito soco, muito sangue e muitas quase mortes e eles entendem que o verdadeiro inimigo é outro e ai eles se "juntam" para acabar com ele!

Acho que a junção maior dos dois alem do "inimigo" foi que a mãe do Batman tinha morrido de forma trágica e a do Superman estava em perigo e pelo incrível que pareça, as duas se chamavam Martha.

Agora vamos falar do foco principal do filme, o que geral estava esperando e o que eu mais pirei. MULHER MARAVILHA! Sim, nossos sonhos, desejos, pedidos, foram atendidos. A Mulher Maravilha fez mais que uma aparição no filme, ela fez ele... Ela se junta aos dois para derrubar o vilão e eu pirei muito com essa mulher.
gente olha issooooo!! via tumblr

Para terminar posso dizer que fiquei de boca aberta pelo final do filme, não esperava nada disso... E pelo jeito, vai ter outro sim! Então é para ficar na espera. E você, assistiu? Gostou?

18/05/16

Resenha Mariposa:



Olaaa,
Mais uma resenha, mais um livro que recebi de um autor. Eu me sinto tão feliz quando os autores entram em contato para me mandar o livro é um enorme reconhecimento, muito obrigada. O livro de hoje já havia sido lido há algum tempo, mas só hoje puder falar sobre ele... Mariposa- Asas que mudaram a direção do vento é um livro bem diferente dos outros que resenhei aqui.

Obra:Mariposa
Autora:Patricia Baikal
Editora: Kiron
Páginas: 293
Sinopse: Um jogo de poder, política e corrupção se cruza com uma história de amor. Um jovem senador, Nicolas, se vê rodeado de grandes mistérios a partir do momento em que uma estranha mulher invade sua casa e lhe dá pistas para incriminar seu rival político.
Enquanto se envolve de uma forma apaixonante com esta mulher, de codinome Mariposa, Nicolas tenta desvendar os segredos de uma organização invisível aos olhos da sociedade, mas com grande poder de influência na política do país.

Política, política, poder, corrupção, política... Epa, um romance? É com isso que me deparei em Mariposa.


O livro se passa em 2020 e podemos dizer que é uma Brasília futurista onde vemos Nicolas Vaz, um senador que é bem justo, ele é contra a corrupção e faz tudo da forma correta, mas também temos Brassel que é o lado podre da laranja, extremamente corruptor, comete vários crimes e o ridículo ainda sai por cima disso... Nicolas resolve cair na burrada de denunciar Brassel e acaba bem mal... 

Em uma noite uma mulher mascarada denominada "Mariposa" entra na sua casa e se propõe a ajudar Nicolas a sair dessa, mas como é que não se apaixona por uma mulher mascarada que pode estar te enganando né? A parti desse dia ela não sai dos pensamentos dele e é ai que esse tal romance aparece.
'' Percebi que ela era feita de assas que mudaram a direção do vento e que me levaram para voos sem volta e sem fim ''
Posso dizer que eu tentei adivinhar quem era, não rolou...Patricia está indicada a guardar todos os segredos, porque nem me passou a pessoa pela cabeça. Mas mesmo assim eu shippava muito! Só ficava imaginando o que ia dar o senador e a mulher mascarada.

O livro não tem só política, e não tem só romance, é a medida certa dos dois, deixando muito melhor minha leitura. Um livro incrível. A escrita da autora é leve e fácil de entender, mesmo sendo um assunto meio complicado... Ela vai jogando varias peças durante o livro para no final juntar todas no quebra cabeça. 

Vale muito a pena ler!